Não seremos apenas Recatadas e do Lar

10632809_1572343079725579_5761438608976790098_n

A segunda edição do festival YES, NÓS TEMOS BURLESCO começa esta semana no Teatro Cacilda Becker no Rio de Janeiro. No dia 26/05, quinta-feira, 20h, me convidaram para participar em uma mesa de discussão sob o título: “Não seremos apenas Recatadas e do Lar”.

A performer burlesca e porn Mayanna Rodrigues e a curadora e gestora cultural independente Paola Marugán se encontram nessa mesa de discussão para falar de empoderamento feminino, arte feita por mulheres, e outros temas urgentes. A mediação é feita por Carol Parreiras, pesquisadora sobre pós-pornografia. A intenção é, a partir dos fatos recentes, como a definição do ideal feminino “Bela, Recatada e do Lar”, que culminou na eliminação de todas as mulheres do primeiro escalão do poder do país, fazer um contraponto com as subjetividades propostas nesses outros espaços de sensibilidade e pensamento. O Burlesco, a pornografia feita por mulheres, a arte que vai além da subjetividade meramente masculina ou heteronormativa como ferramenta de empoderamento pessoal e coletivo.

Realmente é muito instigante falar do empoderamento da mulher, pós-pornografia, os usos do erótico e do burleco no dia do Corpus Cristi. Vamos bater na cara desse governo golpista, fálico, branco, heterossexual e cristão. AMÉM.

This entry was posted in Feminismos, No país tropical. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *